Studio no Campo Belo – Fotos

Fotos do Studio no Campo Belo

Planta de Forro – Brooklin

Para a obra que já estava em andamento, este casal precisava de uma orientação quanto à paginação de luminárias no forro, ou seja, onde colocar os pontos novos de iluminação, conciliar alguns detalhes existentes (cortineiros, sancas iluminadas) com a nova configuração descoberta em obra.

Foi feito o levantamento de medidas, um layout básico e a planta de paginação de forro, somente com os pontos luminosos. E foi montado um caderno com referencias de luminárias e lâmpadas.

 

CAMPO BELO 3 – MAIS FOTOS

Após 2 anos da conclusão desta reforma, mostramos as fotos dos ambientes com o mobiliário que traz a personalidade e bom gosto de seus moradores, trazendo o clima de casa para este apartamento.

Cristaleira
Cristaleira
Lavabo, com moldura em gesso com recorte para iluminação, tampo em madeira, cuba Deca L69
Lavabo, com moldura em gesso com recorte para iluminação, tampo em madeira, cuba Deca L69
Área de Serviço que incorporou o quarto de empregada da planta original
Área de Serviço que incorporou o quarto de empregada da planta original
Sanca aberta iluminada
Sanca aberta iluminada
Sala de estar com painel de TV
Sala de estar com painel de TV
Sala de Jantar com detalhe em tijolinho e espelho
Sala de Jantar com detalhe em tijolinho e espelho
Escritório e quarto de hóspedes com sofá cama
Escritório e quarto de hóspedes com sofá cama
Banho 1, com tampo em marmore pigues, cuba embutida Deca L1071
Banho 1, com tampo em marmore pigues, cuba embutida Deca L1071
Banho 2, com tampo em marmore pigues, cuba embutida Deca L1071
Banho 2, com tampo em marmore pigues, cuba embutida Deca L1071
Banho 2, com box em vidro temperado pontilhado
Banho 2, com box em vidro temperado pontilhado

RESTAURANTE – HAMBURGUERIA – Cidade São Francisco

PROJETO E FOTOS

Partindo de elementos já pré-definidos, como a setorização dos ambientes, fachada, alguns acabamentos, as coberturas e  considerando a arquitetura original, e com a obra em andamento, a proposta de interiores para a “hamburgueria dos irmãos” foi oferecer idéias de acabamentos e ambientação para um ambiente contemporâneo, moderno, sem clichês, sem ser retrô, e não ser sério e formal. Ou seja, um ambiente aconchegante e descontraído.

Em local bem privilegiado, próximos a grandes avenidas e um bairro valorizado na zona oeste da capital paulistana, a fachada se destaca por ser singela, de um unico material, o tijolo aparente, valorizado pela iluminação noturna e pelo letreiro.

Layout do Pavimento Térreo
Layout do Pavimento Térreo
Fachada - Volumetria
Fachada – Volumetria
Fachada - Agosto/2014
Fachada – Agosto/2014
Fachada Corner - Agosto/2014
Fachada Corner
Fachada - detalhes
Fachada – detalhes
Interiores - proposta
Interiores – proposta
Interiores - proposta
Interiores – proposta
Interiores - proposta
Interiores – proposta
Interiores - proposta
Interiores – proposta
Interiores - Foto - Agosto/2014
Interiores – Foto – Agosto/2014
Interiores
Interiores
Interiores
Interiores
Interiores
Interiores
Interiores
Interiores
Interiores
Interiores
2014-06-restaurante-bbr (16)
Interiores restaurante

Como destaque há o projeto de forro e iluminação, layout das mesas, e outros pontos focais como o balcão do bar – pedra e marcenaria – o fechamento da escada que atende ao andar de serviços associado à posição do Caixa, um comprido painel “temático” ao fundo do salão, parede de lousa e mesa bistrô inspirada em modelos contemporâneos.

Restaurante – Centro Comercial Alphaville – Interiores

Salão do piso superior
Salão do piso superior

Internamente, foi realizada uma renovação geral de acabamentos, dando destaque à remodelação do pavimento térreo.

A área ocupada pelo antigo W.C. e uma área de serviços ociosa, deu lugar a uma charmosa “Estação a La Minuta”, onde pratos especiais são servidos diariamente, além do buffet de pratos tradicionais.

A imensa escada que leva ao segundo e terceiro andar, foi “eliminada visualmente”, através da construção de nichos, aberturas, forro em curva e  forro rebaixado.

SALÃO DO PISO TÉRREO

Situação Anterior à reforma, do Salão do piso térreo
Situação Anterior à reforma, do Salão do piso térreo
Proposta de interiores do pavimento térreo, dando nova configuração aos ambientes
Proposta de interiores do pavimento térreo, dando nova configuração aos ambientes
Vista do salão do piso térreo com forro rebaixado e sanca iluminada invertida
Vista do salão do piso térreo com forro rebaixado e sanca iluminada invertida
Vista do salão do piso térreo, com estação a la minuta ao fundo
Vista do salão do piso térreo, com estação a la minuta ao fundo
Forro de gesso em curva e forro rebaixado dão novo formato a vão sob escada
Forro de gesso em curva e forro rebaixado dão novo formato a vão sob escada
Outra visão do salão e do ambiente sob forro de gesso em curva
Outra visão do salão e do ambiente sob forro de gesso em curva
Nicho iluminado antes das mesas do buffet
Nicho iluminado antes das mesas do buffet
Mesas do buffet com painel adesivado ao fundo
Mesas do buffet com painel adesivado ao fundo
Estação a la minuta
Estação a la minuta

SALÃO DO PISO 1º SUPERIOR

Situação Anterior à reforma, do Salão do piso superior
Situação Anterior à reforma, do Salão do piso superior
Proposta de interiores do 1º pavimento superior
Proposta de interiores do 1º pavimento superior
Escada de acesso ao piso superior, com novo revestimento de parede e aberturas laterais
Escada de acesso ao piso superior, com novo revestimento de parede e aberturas laterais
Mesa tipo Bistrô, aproveitando o peitoril da escada
Mesa tipo Bistrô, aproveitando o peitoril da escada
Vista dos assentos Bistrô
Vista dos assentos Bistrô
Vista do tampo do Bistrô, revestido com fórmica inox
Vista do tampo do Bistrô, revestido com fórmica inox
Vista do Salão Superior, com vista do painel sob TV e mesas bistrô junto ao peitoril da escada
Vista do Salão Superior, com vista do painel sob TV e mesas bistrô junto ao peitoril da escada
Vista do Salão Superior, com painel de laminado imitando madeira, com TV na parede, rebaixo de forro com iluminação.
Vista do Salão Superior, com painel de laminado imitando madeira, com TV na parede, rebaixo de forro com iluminação.
Vista do Salão Superior, com painel adesivado
Vista do Salão Superior, com painel adesivado

Campo Belo 3 – Fotos

Praticidade e Beleza

Os acabamentos escolhidos pelos proprietários desse apartamento novo prezaram a praticidade de limpeza e manutenção, a modernidade das peças retificadas e de grandes dimensões, sem perder a tradição do tijolinho aparente e da cerâmica colorida no lavabo. Foi dada atenção especial à iluminação, com a utilização de lâmpadas econômicas e LED.

A seguir, fotos da Obra em Finalização

Este slideshow necessita de JavaScript.

COZINHA

O único revestimento original entregue pela Construtora na cozinha são os azulejos brancos que revestem as paredes. Acima da pia foi criado uma sanca rebaixada para iluminação da pia e criou-se o efeito da iluminação indireta com a sanca iluminada. Além disso, uma sanca original da construção não “casava” com a medida do duto da nova coifa (com função apenas de depurador). O novo tampo em granito preto absoluto substituiu o tampo em granito branco itaúnas original, que foi adotado nas soleiras e baguetes. Aqui, o tampo foi instalado após a instalação dos móveis planejados. O piso original recebeu um piso retificado por cima.

SALAS DE ESTAR E JANTAR

Ao redor dessa sala de formato retangular, foi criado uma sanca iluminada rebaixada, onde se localizam, além de spots de lâmpadas dicróicas LED, as caixas de som Surround. Junto ao painel da TV, de uma sanca existente surgiu a idéia de fazer um “rasgo” iluminado. No piso, porcelanato esmaltado da Portobello no formato 60x120cm retificado. Rodapés Santa Luzia de 15cm de altura. O branco das paredes é acetinado. Na sala de jantar, construiu-se 2 painéis em tijolo maciço, junta a seco, e, no meio, será instalado um espelho.

LAVABO E CIRCULAÇÃO

No lavabo, em finalização, será instalado um tampo de madeira e cuba de apoio. O revestimento da parede do fundo são faixas Oriente, 15x90cm retificado da linha Innova HD da Cerâmica Portinari.

Na circulação, optou-se por dividir os ambientes com soleiras em granito branco Itaúnas.

BANHEIROS

Nos 2 banheiros, adotou-se um porcelanato tanto no piso quanto nas paredes do box. Os novos tampos são em mármore branco piguês, também adotado nas baguetes dos box. A cuba de embutir é da Deca, L1071.

SUÍTE 1

O teto do closet da suíte 1 foi rebaixado e, entre a moldura e o frontão dos armários, foram instaladas fitas de LED.

DORMITÓRIOS 2 E 3

Acima dos armários dos dormitórios também foram instaladas fitas de LED. Enquanto um funciona como quarto de hóspedes, o outro atua como escritório, ambas com móveis planejados, com portas de correr.

Apartamento Pinheiros 3 – Fotos

Espaço e conforto. Essa família conquistou mais espaço, planejando cada canto do novo lar. O Projeto teve início quando o prédio estava em construção, nove meses antes da entrega das chaves. A obra deste apartamento iniciou-se logo na virada do ano e, antes do Carnaval, a familia fez a mudança. A estratégia para evitar atrasos na obra, foi evitar a quebra de paredes e o cliente manteve todos os revestimentos originais que foram entregues pela construtora. Além de colocar armários nos ambientes principais, o trabalho em gesso e a iluminação foi o destaque no resultado final.

Na sala de estar, foi utilizado o piso pronto de madeira cumarú com 2cm de espessura. Os rodapés são em MDF com 15cm de altura. As paredes foram pintadas com tinta super lavável branca acetinada e o teto de gesso rebaixado foi pintado com tinta acrílica branco fosca.

A única luminária pendente da sala foi centralizada na sala de jantar. As caixas de som do home theater foram embutidos no forro de gesso. As sancas que percorrem todas as laterais do ambiente social são iluminadas por lâmpada fluorescente tubular.

Um dos dormitórios foi transformado em escritório, com muitos armários para os livros e materiais de escritório.

A bancada de estudo possui duas alturas diferentes: a mais baixa para escrever e utilizar como apoio do laptop. A prateleira superior serve de apoio para telefone, impressora multifuncional e monitor de TV para liberar espaço na parte inferior.

Na suíte principal, o closet possui armário dos dois lados, com portas de correr, porém com profundidades diferentes devido à arquitetura original do apartamento. De um lado há prateleiras e nichos e do outro, gavetas e o cabideiro.

Na suíte 2, um armário com 2 portas de correr otimiza o espaço e a circulação.

O lavabo recebeu pintura e espelho em toda a parede. A tabica aberta, entregue pela construtora, precisou ser fechada com gesso para que o espelho não refletisse suas imperfeições.

Os banheiros receberam armário sob o tampo da pia com desenho bem simples e prático, com portas sem puxadores (embutidos no recorte do topo), em MDF branco.

Recuado 2cm da borda da pedra, o gabinete acompanha o desenho do tampo.

No banheiro da suíte principal, mais amplo, foi feito gaveteiro na lateral.

Na área do box, foi instalado um ofurô em fibra de vidro, com dimensão aproximada de 62x84cm (que passa pela porta do banheiro). Para viabilizar sua instalação, a rede 220V existente na área de serviço (e não utilizada) foi extendida até o banheiro pelo forro.

O tampo da cozinha, em granito verde ubatuba, recebeu um complemento para embutir um fogão de 4 bocas. Um armário raso (pouca profndidade) foi criado entre a parede e o tampo, com prateleiras na lateral, de grande utilidade. Sob os armários foi feito uma base em alvenaria, revestidos com a mesma cerâmica do piso original.

A porta original da passagem entre cozinha e sala, foi trocada por uma porta de correr em vidro temperado e jateado, para não atrapalhar a mesa de refeição retrátil e permitir a abertura das portas dos armários.

No hall de entrada social, um armário-sapateira possui portas com espelhos. A porta com frisos jateados isola os ambientes de cheiros e ruídos maiores e, ao mesmo tempo, mantém uma integração visual.

No terraço, a familia abriu mão do kit churrasqueira oferecido pela construtora. Uma ampla bancada foi instalada para dar apoio ao ambiente e futuramente será instalado um armário sob ela. No detalhe, a foto da saia que precisou ser reparada de um desnivel existente entre a área seca e a área molhada rebaixada.


Restaurante – funcionando

Este slideshow necessita de JavaScript.

Após 5 dias de obra em ritmo intenso, o restaurante abriu as portas, faltando ainda alguns detalhes como móveis, espelhos e vidros sob encomenda. Mesas e cadeiras foram recolocadas no lugar, adaptando-as à nova Arquitetura do salão. A boneca japonesa ganhou lugar de destaque em nicho iluminado com lâmpada de LED. Os ventiladores de teto marcam a parte elevada do forro (2,70m livres) e os spots localizam-se no rebaixo de 2,20m. Para as sancas iluminadas foram utilizadas lâmpadas fluorescentes tubulares de 40W.

Atrás do balcão, a parede que antes era apenas pintada, recebeu uma faixa de 1,40m revestida de azulejo branco imitando pastilha (Portinari) com um cordão preto.

Restaurante – obra

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os quatro dias e quatro noites de obra ininterrupta, que ganhou um dia extra para a limpeza e organização final, foi o prazo para transformar o interior do salão de um restaurante de comida japonesa, tornando o ambiente mais claro e mais prático, com contemporaneidade no uso de materiais de acabamento e equipamentos.

Resumo das atividades:

Véspera: tirar mesas e cadeiras, forrar o piso, tirar as luminárias antigas, tirar o forro antigo, eliminar o entulho. Preparar a fiação para a iluminação nova do forro

1º Dia: estrutura do drywall, rebaixo de forro e sanca iluminada do salão 1, preparo com massa para a pintura do forro

2º Dia: rebaixo de forro do salão 2, sanca iluminada, assentamento do revestimento em porcelanato de madeira na parede, preparo para pintura

3º Dia: nichos e painéis em drywall e finalização da parte em gesso, porcelanato (continuação), furos para as luminárias de embutir no forro, preparo para pintura

4º Dia: base para bancos, porcelanato (continuação), cerâmica branca no balcão, corte e preparo da madeira dos bancos, pintura e elétrica, rejunte, ventiladores, luzes acesas!

5º Dia: Instalação dos bancos, porcelanato (finalização e rejunte), instalação elétrica (tomadas e acabamentos), pintura, limpeza final.

Restaurante de Comida Japonesa – Bela Vista (Paulista)

Com mais de 15 anos de existência, esse restaurante de comida japonesa  não sofria nenhuma grande reforma há pelo menos 7 anos. A intenção inicial era fazer a pintura anual no período de Carnaval, eliminando a cor avermelhada já desgastada, acrescentando algum elemento em madeira para tornar o ambiente mais aconchegante. Mas havia alguns itens que precisavam ser trabalhados, como a ventilação do salão 1 (mais ao fundo), iluminação em geral, troca de forro do salão, reposicionamento do caixa, troca do espelho antigo danificado pelo tempo, entre outros detalhes.

Vista da fachada

Vistas internas antes da reforma.

Vistas internas antes da reforma.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O projeto propôs alteração total no desenho do forro rebaixado, eliminando vigas e pilares de diversos tamanhos, uniformizando o design do ambiente. Devido ao limite de tempo para execução da reforma, o piso antigo será mantido provisoriamente. As paredes serão revestidas com material cerâmico, porcelanato e tinta super-lavável, para facilitar a manutenção e limpeza. A mudança na parte elétrica e iluminação é total, com troca até mesmo dos disjuntores e fios antigos. No novo layout, a previsão da troca de mesas e cadeiras no futuro, e a criação de bancos de madeira, visa o aumento de assentos para a clientela, que é numerosa principalmente no horário de almoço.

Home Office em Sala Ampliada

Integrado à sala de estar e jantar, o home office deste apartamento foi inspirado em referências de revistas e livros de decoração e de idéias e necessidades dos proprietários. Ter privacidade para executar trabalhos em casa, sem perder a sala ampliada, eram premissas deste projeto. Antes da reforma, a  TV ficava na parede oposta de quem entra no apartamento e, pode ser uma mania, mas há quem prefira olhar o sofá de frente do que de lado ou de costas. E neste caso, o resultado dessa inversão contribuiu positivamente no conjunto de mudanças de layout dessa sala.

O efeito de sanca iluminada, forro rebaixado e cortina embutida em cortineiro (ao invés de soltas em varão), foram mudanças importantes nesse ambiente. A largura da sala de estar respeitou a medida de 3,20m. E o Home Office ocupou 1,60m restantes. O pé-direito original é de 2,61m, e o rebaixo de forro executado, deixou 2,40m livres neste trecho.

A estante que divide a sala de estar do home office possui uma estrutura em “U” invertido, que sustenta o móvel e serve de passagem de fios e cabos.

Vista da estante a partir da sala de estar, que funciona como um painel, na mesma largura do forro rebaixado.

Vista lateral da estante e do desenho que acompanha o forro rebaixado. Um pequeno friso divide a estante do forro, e evidencia um elemento do outro. Os frisos das laterais da estante coincidem com os frisos no painel da TV. Sob a bancada, existe um alargamento da estrutura que esconde um armário de cada lado.

Entre a prateleira inferior e a bancada de trabalho, existe a passagem de cabos e fios pela lateral do armário.

No fundo e embaixo da bancada, uma canaleta também funciona como caminho dos fios. Um móvel lateral baixo, que fica sob a janela, complementa o conjunto. Possui portas de correr para ocupar menos espaço.

A abertura coincide com o espaço entre o  tampo de bancada e  as prateleiras suspensas, e é isolada por um vidro temperado transparente, de 8mm de espessura.

Outros detalhes:

Apartamento Pinheiros 3 – Fotos da obra e detalhes

A primeira equipe a entrar no apartamento foi a dos marceneiros, para instalar a cozinha que já havia sido medida antes da entrega das chaves.

Em seguida, entrou o eletricista para poscionar os novos pontos de iluminação da sala, corredores, banheiros, levar uma rede 220V para o banheiro da suíte (Ofurô) e posicionar os novos pontos na parede da TV da sala e do escritório.

Após a parte elétrica, a equipe de gesso é uma das que mais causa sujeira, por isso entrou antes da colocação do piso. Foi adotado o uso de placas de gesso e não o dry-wall, para garantir liberdade quanto ao posicionamento dos pontos embutidos no forro. Para a iluminação da sanca foi utilizado lâmpada fluorescente tubular (T5). No trecho do hall de entrada e do hall em frente ao lavabo, foi feito tabica ao redor do forro rebaixado que não havia antes no local.

A seguir detalhe da sanca iluminada. Ao lado, imagem do forro do corredor com 3 plafons de embutir com uma lâmpada PL. Abaixo um detalhe do forro do lavabo. Assim que o gesso estiver seco, é possível iniciar a pintura. É utilizado nas molduras e forro, um fundo para gesso (Coral Gesso). Nesta obra, a Contrutora entregou os tetos na cor branco neve e as paredes num tom palha. Os proprietários escolheram o branco lavável acetinado para as paredes, com alguns ambientes e elementos em cor. O forro recebeu tinta latex PVA branco fosco.

A seguir, detalhes em gesso.

Fotos da marcenaria em execução na cozinha, com a mesa retrátil e dobrável. A pia recebeu um complemento em pedra para embutir um fogão de 4 bocas.

Detalhes do piso pronto em cumaru e da instalação do rodapé em MDF. É importante que o colocador faça uma limpeza no piso para eliminar a cola do assentamento.

Detalhe do encontro do piso com a baguete da porta do terraço, do lavabo e a transição com o piso laminado do corredor.

Piso laminado: solução prática e rápida para quem busca economia e facilidade na manutenção. O piso pronto de madeira maciça é prático e bonito, necessita os mesmos cuidados como todo piso de madeira maciça: evitar sol direto, umidade, objetos riscantes e substâncias abrasivas.

Apartamento Pinheiros 3 – Plantas

A planta deste apartamento no bairro de Pinheiros, seguiu uma das opções oferecidas pela Construtora, com 4 dormitórios, sendo 2 suítes, 3 banheiros, salas de estar e jantar sem ampliação, lavabo, W.C., quarto de empregada, cozinha e terraço (sem o kit churrasqueira). A sala ampla e iluminada é dividida em 2 ambientes confortáveis e uma boa circulação. A porta de entrada e a porta do lavabo, são resguardadas por um pequeno hall cada uma. A família, acostumada a tirar os sapatos ao entrar no apartamento, seguindo o costume oriental, pediu um armário sapateira logo na entrada. Na cozinha o desafio foi criar uma área de refeições rápidas que não ficasse atrás da porta (como era a proposta inicial da planta comercial). Também atendendo uma necessidade cultural, um ofurô de fibra foi posicionado no box do banheiro do casal, que conta ainda com espaço para a ducha.

Para o piso da sala foi escolhido o piso pronto em Cumarú, com 15mm de espessura, com rodapé em MDF branco, com 15cm de altura. Na área dos dormitórios optou-se pelo uso de piso laminado padrão carvalho, com rodapé e 7cm no mesmo padrão. Ambas as escolhas foram em função de praticidade, conforto e facilidade de instalação. Nas áreas molhadas, manteve-se o acabamento padrão oferecido pela Construtora.

Para valorizar o formato da sala, o forro foi rebaixado 15cm para embutir luminárias e criar a sanca iluminada de ambos os lados, distantes 20cm da parede, sendo que um lado será preenchido parcialmente por um cortineiro, de ponta a ponta da sala.  A Contrutora entregou banheiros, corredor e lavabo com o forro rebaixado com tabica, um detalhe que valoriza o ambiente e permite instalação de luminárias de embutir. Nos dormitórios, optou-se por utilizar uma moldura em gesso de 10cm de altura e cortineiro e uso de plafon de sobrepor. O desenho de molduras e luminárias seguiu linhas mais retas e contemporâneas.

Apartamento – Moema I – Fotos

Praticidade e aconchego. Móveis novos e móveis herdados de pessoas queridas. Cada canto deste apartamento apresenta o toque pessoal e a história de seus donos, que acompanharam pessoalmente o projeto e a reforma que durou 3 meses até a mudança e que levou mais 3 meses de retoques finais. O resultado eu mostro nas fotos a seguir.

Vista geral da sala de estar e jantar – Um dormitório foi aberto e somou-se à sala – sua parede localizava-se onde se vê a viga. Um cortineiro de ponta a ponta garante a continuidade dos ambientes, bem como o piso de porcelanato de madeira, que adentra pela cozinha, lavabo e home office. O forro foi rebaixado 15cm para embutir as luminárias de lâmpada PAR 20 e Dicróicas de 50W.

Vista da sala de jantar – Logo na entrada do apartamento se localiza a sala de jantar. Junto à parede foi criada uma sanca iluminada para dar este efeito luminoso e uma iluminação indireta.

Vista da sala de estar e TV – Uma estante com iluminação embutida em LED abriga livros e adornos. Do lado direito, uma porta pivotante separa área social da área íntima, com um vidro que integra os ambientes sem tirar a privacidade.

Vista da porta de correr que separa a sala da cozinha e home office – A porta de correr em madeira laqueada e vidro transparente, garante o isolamento da cozinha e do home office. Ao observarmos a planta do projeto, essa área foi a que mais sofreu alterações e garantiu toda essa integração de ambientes. A porta à direita pertence ao lavabo.

Vista da bancada da pia cozinha – A cuba permaneceu em sua posição original para evitar maiores alterações na hidráulica da cozinha, porém de simples, passou a ser dupla. O tampo em granito verde ubatuba possui um frontão de 22cm na área da pia que prossegue até o balcão alto, diferença entre os 88cm da pia para os 110cm do balcão. Na bancada menor, o tampo em granito possui um frontão menor, de 10cm, à mesma altura de 88cm, solicitação da nova proprietária. No nicho da geladeira, que antes era ocupado apenas por armário largo, agora se localiza a geladeira side-by-side com ponto de água criado para essa finalidade.

Vista da bancada do fogão, com home office ao fundo – Do fogão é possível avistar a TV da sala e conversar com quem esteja no balcão alto ou no home office. Essa nova posição do fogão funciona praticamente como se estivesse em “ilha”. A antiga porta de correr que levava à área de serviço foi substituída por uma janela e o forro, nesse trecho, foi rebaixado para embutir o duto da coifa e criar mais uma sanca invertida iluminada.

Suíte 1 – Na área íntima, onde pouca coisa seria feita, optou-se pela instalação de molduras e cortineiros, alteração de layout e troca dos revestimentos dos banheiros, substituição de porta de abrir por porta de correr, recuperação do piso em tacão de madeira (que revestia todo o apartamento nas áreas sociais e íntimas). Por fim, novos armários com porta de correr, foram adquiridos para as 2 suítes.

Outras fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Apartamento – Vila Andrade – Fotos

Fotos de antes e depois da reforma.

Na sala de estar, foi rebaixado um forro em gesso (dry-wall) com criação de sanca invertida iluminada dos dois lados. Na parede atrás da TV, foram utilizados painéis em dry-wall (1,8cm) com frisos de 2cm. Os pontos elétricos, dois conduítes de 1 polegada e um reforço na alvenaria foram executados já prevendo a colocação de uma TV na parede, a uma altura aproximada de um metro (no eixo). Recebeu pintura com tinta acrílica fosca branco neve. Embutida em cortineiro, a cortina possui um forro black-out atrás de uma cortina leve, com riscos. A estante do home-office está em execução.

Na sala de jantar, a iluminação antiga (spots embutidos na laje) foi eliminada, assim como a moldura em curvas. Um lustre pendente com cúpula dupla, com voil preto por fora e tecido em linho por dentro, foi centralizado na mesa de jantar, que tanto pode estar paralelo ao espelho, como perpendicular a ele.  Possui 3 lâmpadas fluorescentes compactas com a luz em tom amarelo “dia”. O peitoril do passa-pratos era em granito e ultrapassava 15 cm da parede, roubando espaço da sala de jantar. Foi trocado por uma “viga” em madeira de demolição, com uma pequena pingadeira de 1cm de cada lado.

Na suíte do casal, abaixo e acima do espelho existente, foi criado um painel-cabeceira também em dry-wall, com frisos de 2cm a cada 25cm de painel. Os abatjoures foram substituídos por 2 arandelas em cúpula semi-circular, com um interrutor sob ela. O ponto para TV foi elevado a uma altura de 2m (eixo da TV) e uma placa de 60x60cm foi colada no local. O monitor-TV em LCD de 24″, possui um suporte com braço articulado que lhe dá melhor visualização.